Conhece-te a Ti mesmo e conhecerás todo o universo e os deuses, porque se o que procuras não achares primeiro dentro de ti mesmo, não acharás em lugar algum

RETIROS DE AUTOCONHECIMENTO
NO ESPAÇO TERRA LUMINOUS

Como residente e parte do equipe de guardiões do espaço Terra Luminous, Pierre Stocker participa de retiros de autoconhecimento e compartilha o propósito de acolher, servir, nutrir e catalisar processos de transformação pessoal e ampliação da consciência coletiva, em conexão com a natureza e a arte. O Espaço Terra Luminous recebe e oferece cursos, vivências, retiros de autoconhecimento e workshops realizados em parceria com profissionais das áreas do autoconhecimento, do corpo, da comunicação, da saúde, das artes e afins.

COMUNICAÇÃO NÃO-VIOLENTA

A Comunicação Não-Violenta (CNV) é uma abordagem de aprendizado mais emocional que mental, que nos guia para fortalecermos nossas conexões com as pessoas, construindo um ambiente mais propício para experimentarmos a paz.

LAB*CNV & CATALISADORES DE MUDANÇA são iniciativas oferecendo praticas de CNV no formato de vivências, retiros de autoconhecimento e workshops.

A Comunicação Não-Violenta (CNV), criada pelo psicólogo americano Marshall Rosenberg, nos ajuda a desenvolver uma expressão mais autêntica e honesta, e ao mesmo tempo uma escuta mais empática e profunda, de maneira que conseguimos entender melhor os outros e sermos melhor compreendidos. Nos proporciona uma forma prática de lidar com conflitos, contribui para desfazer preconceitos e focar no que temos em comum uns com os outros, valorizando e celebrando as diferenças. Este foco na conexão humana tem efeitos diretos na nossa linguagem e na forma que construímos nossa realidade social conjunta. Assim, a Comunicação Não-Violenta é um processo de humanização radical e pode ser instrumento poderoso de transformação social.

A CNV ajuda das pessoas a :

– Desenvolver uma mudança de foco na relação com o outro
– Enxergar além das palavras e comportamentos
– Reconhecer Necessidades Humanas Universais
– Desenvolver e exercitar a Empatia e a Escuta Profunda
– Desenvolver e exercitar a Expressão Autêntica Restauradora
– Lidar com conflitos e mensagens difíceis de ouvir

“Aqui não há dogmas, apenas evidências, não é solicitado aderência a nenhum sistema de crença; não se cultua nenhum guru, mestre ou xamã além do líder espiritual que cada um pode encontrar em si mesmo. Todos são recebidos como iguais, para compartilhar momentos, trocar intuições e visões, construir uma sabedoria coletiva à luz da Medicina da Floresta”
O Mestre Interior é uma jornada baseada em 3 pilares
Filosofia Panteísta & Cosmo-existencialismo conexão com os ensinamentos da natureza
Uso terapêutico das medicinas da floresta no encontro da ancestralidade e modernidade a:
Foco no auto-conhecimento auxiliando os participantes a:
  • • Esclarecer seu propósito de vida e sua busca espiritual
  • • Se conectar profundamente com seu poder pessoal
  • • Fortalecer suas virtudes como ser humano
  • • Ganhar força e confiança na sua existência

“Nossa missão é melhorar e transpor a harmonia da natureza, de seus elementos e atributos em virtudes do ser. Assim, baseamos nossa conduta no amor, na justiça, esperança, coragem, atenção plena, comunicação sustentável, escuta empática e na responsabilidade socioambiental, princípios que nos unem e nos fortalecem como seres em busca de um mundo pacifico-consciente :”.

Os participantes se juntam para estudar e celebrar a conexão com o Planeta Terra e o Universo. Cada encontro e retiro de autoconhecimento é cuidadosamente preparado através de uma anamnese e vivência ajudando a fortalecer a confiança do grupo. A força espiritual criada a partir da soma das energias dos participantes fortalece o alicerce coletivo e traz segurança para mergulhar na experiência transformadora das medicinas da floresta.

Trabalhamos o campo sutil com alinhamento energético, sons e vibrações emitidas por instrumentos terapêuticos, defumações, práticas meditativas, cantos, mantras, estudo de textos e poemas, visualizações criativas, pranayamas, com o apoio de musicas gravadas e tocadas ao vivo.

Após a experiência do retiro de autoconhcimento, uma sessão de integração é realizada para auxiliar os participantes a descodificar os conteúdos que emergiram, afim de aplicar insights, visões e intuições de uma forma prática dentro da sua vida.

Quem sentir o chamado, entra em contato e seja muito bem-vindo nessa nossa Mandala

PANTEÍSMO

Panteísmo (do Grego “Pan”: tudo – “Theos”: Deus) é uma compreensão que identifica o Universo, a totalidade, o cosmos, como Deus. O Universo é entendido como sendo a própria divindade por possuir todo o poder criador, por ser infinito e eterno, transcendente, misterioso e onipresente.

Deus, o próprio Universo, é o conjunto de tudo o quanto existe, ou seja, cada galáxia, estrela, todo o desconhecido, incluindo o espaço e tempo, toda a matéria/energia no seu fluxo constante de transformação do qual nasce e morre sistemas solares, planetas, atmosferas, continentes e mares, florestas, plantas e todos os seres. Dessa dinâmica conjunta e interativa, todas as coisas se formam e se auto-desenham, em mutação constante, gerando toda a ordem e beleza universal.

à luz da limitada capacidade humana de observação e da física quântica, as mudanças acontecem muitas vezes de maneiras imprevisíveis, como os movimentos das galáxias, das nuvens, das ondas do mar, das correntes de magma no centro da terra. Nada é mais misterioso do que a “matéria/energia”, o binômio essencial e irredutível da criação, em transformando constante, gerando tudo quanto existe, da poeira interestelar à inteligência e consciência humana.

Magnífico nas suas manifestações, o Universo inspira a humanidade, fazendo brotar no coração sentimentos de paz, harmonia, respeito, alegria e amor. Reconhecendo nossa unidade com o Universo sendo a divindade, é natural do Panteísmo cultivar sentimentos de reverência, amor, aceitação e respeito para todos os seres assim como cultivar a ética e o desejo de cuidar da Natureza por ser parte dela.

Entre as doutrinas ocidentais, o panteísmo é uma das que mais se aproximam das filosofias orientais como o budismo, o jainismo, o taoismo e o confucionismo.